Dicas Para Tratar Depressão na Adolescência

Todo adulto de hoje é um sobrevivente da adolescência. Para uns mais, para outros menos, mas a verdade é que esse é um período um tanto conturbado para a maioria dos jovens, que envolve muitas descobertas e mudanças.

O fato é que a depressão já é um problema conhecido como o mal do século, mas ela tende a ser especialmente perigosa nos mais jovens, porém muitas pessoas estão fazendo o método vencendo a depressão e livrando dessa doença que está atormentando tanta gente nesse mundo.

Segundo dados da OMS, a Organização Mundial as Saúde, o suicídio é a terceira principal causa de morte de jovens no mundo todo. O mais assustador desses dados é que cerca de 70% desses jovens estava clinicamente deprimido.

As causas para que a depressão apareça são bem variadas, sendo que a doença nasce da combinação de fatores emocionais, biológicos e sociais.

Então, vamos entender um pouco mais sobre esse terrível problema.

Como é a depressão em adolescentes?

Naturalmente, a adolescência é um momento de “crise existencial”, no qual o jovem passa por uma grande transformação, deixando para trás a vida de criança com suas regalias e passando a ter que se encaixar em um mundo com mais responsabilidades.

Por isso, é encarada como uma fase de perda, na qual o luto é comum. Isso sem falar nas alterações hormonais que podem significar grandes variações de humor, por exemplo.

Mais do que isso, os adolescentes também começam a enfrentar situações novas e muito desafiadoras, tais como os primeiros amores, a insegurança do início da vida sexual, a dificuldade de escolha e inserção na vida profissional e muito mais.

Além disso, as mudanças físicas podem criar obstáculos na manutenção da autoestima e da autoconfiança.

É fato que todos esses processos que o jovem passa na transição para a vida adulta podem ser muito assustadores, formando uma verdadeira panela de pressão que o deixará vulnerável para o surgimento de problemas emocionais e mentais.

Vale lembrar ainda que, na maioria das vezes, os pedidos de socorro dos adolescentes em depressão são compreendidos como uma forma de “drama” ou uma fase que logo passa.

O jovem tende a viver esse problema de uma forma muito solitária, com um desanimo muito intenso que, na realidade, ocorrem por causa de desequilíbrios na bioquímica do cérebro.

Nesses casos, há uma diminuição dos neurotransmissores como a serotonina, que são relacionados com a sensação de bem-estar.

Mais do que a sensação de infelicidade crônica, a depressão também gera sintomas físicos, tais como baixa imunidade e aumento de processos inflamatórios. Na vídeo abaixo você vai ver uma matéria bem completa sobre o assunto..

Leave a Reply