Antidepressivos podem causar impotência sexual?

Você usa antidepressivos, ou pretende usar? Veio até aqui querendo saber se podem causar impotência sexual? Então chegou ao lugar certo. Nesse artigo falaremos sobre esse tema, confira.

Com todo o estresse dos dias atuais, com desempregos e crise financeira, não há saúde mental que resista. O fato é que, na maioria das vezes, o corpo acaba respondendo à altura, com doenças de todo tipo e, inclusive, impotência sexual.

E o pior é que estresse e depressão podem levar à impotência, assim como, a impotência pode levar ao estresse e depressão. Resultando em uma bola de neve e dificultando o tratamento. Afinal, tratar a depressão ou a impotência?

E mais, se por um lado, essa impotência poderia ter origem psicológica, vinda da própria depressão, por outro, ela pode vir, simplesmente, como um efeito colateral.

Portanto, a resposta é SIM, antidepressivos podem causar impotência e infertilidade.

Impotência sexual

Pois é, de acordo com pesquisas, as queixas mais comuns, entre os homens que tomam esse tipo de medicamento, incluem problemas de orgasmo e ejaculação, diminuição do desejo e da excitação, disfunção erétil, assim como, tempo atrasado e ausência de ejaculação.

Vale saber que, praticamente, todos os antidepressivos podem causar disfunções sexuais e reprodutivas, interferindo no desejo, ereção, orgasmo e ejaculação, além de, também, acabarem por influenciar a fertilidade.

Pois é, é preciso considerar que os antidepressivos, geralmente, causam efeitos colaterais que podem prejudicar a atividade sexual em todos os níveis.

Confira também: Laxpower funciona

E também é preciso levar em conta outros possíveis efeitos colaterais, embora menos comuns, mas já relatados por muitos consumidores,  como, por exemplo, orgasmo espontâneo, dor durante o orgasmo,anestesia peniana, orgasmo associado com bocejos e ereção dolorosa e prolongada independentemente de desejo sexual.

Infertilidade

Pois então, os antidepressivos também podem acabar afetando a fertilidade masculina, e isso acontece das seguintes formas: diminuindo o volume da ejaculação; produzindo menos espermatozoides e produzindo espermatozoides de baixa qualidade.

Todos os antidepressivos podem causar impotência?

Infelizmente, a resposta é SIM.  Segundo pesquisas, basicamente, todos os antidepressivos podem acabar influenciando a sexualidade de alguma forma.

Porém, os antidepressivos serotoninérgicos, ou seja, aqueles que aumentam o hormônio serotonina, eles estão entre os principais responsáveis pela disfunção sexual no homem, uma vez que a serotonina inibe a libido, a ejaculação e o orgasmo.

Aproximadamente, 60% dos homens que tomam antidepressivos apresentam algum tipo de disfunção sexual, o que acaba fazendo com que, à longo prazo,  abandonem o tratamento.

Por exemplo, alguns pacientes relatam que os antidepressivos Imipramina e Amitriptilina,  diminuem o desejo sexual e provocam problemas na ereção e ejaculação, e Clomipramina, por exemplo, diminui a sensibilidade genital, retardando a ejaculação.

Enquanto, antidepressivos como trazodona podem causar ereções prolongadas, e bupropiona pode até melhorar o desejo sexual e facilitar o orgasmo.

Ou seja, é preciso ter em mente que cada pessoa reage de forma diferente à qualquer medicamento, por isso, é fundamental, sempre, procurar ajuda de um profissional qualificado e jamais sair se automedicando.

Leave a Reply